h1

Trecho da Carta para um amor depurado

6 de Março de 2014

(…)

Tu me levarás aos shows da sua banda, e eu gritarei teu nome como se fosses meu grande e eterno ídolo, levantarei cartazes dizendo: “Amor, me dá tua palheta” (mesmo que eu já tenha uma extensa coleção em casa) e ao entrar no camarim, sentir-me-ei transbordando uma antiga e incondicional paixão adolescente, que me obrigaria a sair correndo e te abraçar com toda urgência e volúpia, como se te visse pela primeira vez. 

(…)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: